Ex-backing vocal perde processo de R$ 1 milhão contra Aline Barros

Ex-backing vocal perde processo de R$ 1 milhão contra Aline Barros

Rejane Silva alegou que foi demitida por ser gay e que não recebia direitos trabalhistas. Sentença ainda a obriga a arcar com custas e honorários dos advogados calculadas em R$ 20 mil. Cantora gospel Aline Barros Reprodução/Instagram/Aline Barros A 4ª Vara do Trabalho...