Cantora mineira que iniciou a carreira fonográfica em 1965 e que ganhou projeção nacional somente em fins dos anos 1980, com a veiculação de gravação da canção California dreamin’ (John Phillips e Michele Phillips, 1965) em comercial de TV, Rosa Marya Colin volta ao disco após 18 anos.
O retorno acontece com o álbum Rosa, que será posto no mercado fonográfico até o fim deste ano de 2018 pela gravadora Eldorado, companhia pela qual a cantora lançou em 1980 o álbum Vagando.
O álbum Rosa apresenta 10 gravações inéditas de Colin, incluindo registro da primeira e única parceria da artista – compositora eventual de músicas como Pra todo sempre (1969) – com Tim Maia (1942 – 1998).
Trata-se da balada É por você que vivo, uma das músicas menos conhecidas do repertório do cantor e compositor carioca, tendo sido gravada uma única vez por Tim em álbum de 1971 que apresentou composições de maior projeção como A festa do Santo Reis (Márcio Leonardo), Não quero dinheiro (Só quero amar) (Tim Maia) e Você (Tim Maia).
Em Rosa, álbum produzido por LC Varella com a artista e arranjado pelo tecladista Jether Garotti Jr., a cantora dá voz a músicas como General da banda (Sátiro de Melo, Tancredo Silva e José Alcides, 1950), Tema de Eva (Taiguara, 1970), Man (Alzira Espíndola e Itamar Assumpção, 1991), Giz (Renato Russo, Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos, 1993) – música do repertório da banda Legião Urbana – e Depois das seis (Sylvia Patricia, 2010).
Uma das curiosidades do repertório é Eu canto esse blues, música inédita de Arlindo Cruz com Rogê Cury e Gabriel Moura. Outra novidade do álbum Rosa é Alma cigana (Edu Rocha).
Mas até lá (Roney Giah, 2010) completa o repertório de Rosa, álbum que será editado com um disco inteiro de bônus. Trata-se do já mencionado Vagando, álbum lançado pela cantora em 1980 quando ela ainda adotava o nome artístico de Rosa Maria. A música-título é de Paulinho Pedra Azul.
O último álbum de Rosa Marya Colin, Harlem, foi gravado com o Coral Ecumênico da LBV e editado em 2000.

Editoria de Arte / G1

https://g1.globo.com/pop-arte/