Cantoras apostam em sucessos sertanejos do passado no álbum ao vivo ‘Vai ser bão pra lá’. Day & Lara com Zezé Di Camargo & Luciano na gravação ao vivo da música ‘Saudade bandida’
Divulgação
Formada pela goiana Dayane de Oliveira Camargo com a mineira Lara Menezes da Silva, a dupla Day & Lara vem ascendendo no universo sertanejo desde que entrou em cena em 2015.
No álbum ao vivo Vai ser bão pra lá, lançado nesta sexta-feira, 16 de agosto, as cantoras apostam em sucessos de eras passadas do mercado sertanejo.
Entre as 19 músicas cantadas pela dupla em 17 faixas, Saudade bandida sobressai no repertório por juntar Day & Lara com a dupla Zezé Di Camargo & Luciano. Os irmãos goianos lançaram em 1993 esta composição de autoria de Zezé.
A conexão da dupla goiana com Day & Lara soa familiar, já que Dayane é sobrinha de Zezé e de Luciano. Dayane é filha de Werley José de Camargo, o cantor da dupla Cleiton & Camargo.
A dupla Cleiton & Camargo, aliás, também figura no elenco de Vai ser bão pra lá, cantando Quando um grande amor se faz (Amedeo Minghi e Pasquale Penella em versão de César Augusto, 2000) com Day & Lara.
As jovens cantoras também remoem Tristeza do Jeca (Angelino de Oliveira, 1922) – clássico dos primórdios do universo sertanejo – e Moda da pinga (Ochelcis Aguiar Laureano e Raul Torres, 1953), conhecida na boca do povo como Marvada pinga.

https://g1.globo.com/pop-arte/